Serta no SIRHA 2018

Serta Brasil expõe no SIRHA para consolidar marca

Raiza O. Santos



Em parceria com o projeto de hotel em contêineres ‘Samba in the Box’, apresentado pela Samba Hotéis no SIRHA – Salon international de la restauration, de l’hôtellerie et de l’alimentation – que acontece até esta sexta-feira (16) no São Paulo Expo, a fabricante de colchões Serta Brasil montou um estande no evento para apresentar sua marca ao público mais voltado para Alimentação e construir o interesse de um novo nicho.

De acordo com Alexandre Carvalho, CEO da Serta no Brasil, o interesse do público na feira está em desenvolvimento, e sua presença ainda deve ser implementada principalmente por hotéis independentes. “O movimento que tivemos foi de muita qualidade, com pessoas que já tem grande poder de decisão e nos visitaram já sabendo o que queriam. Nisso, temos uma negociação mais rápida”, explicou Carvalho.
Marca para executivos em consolidação

De capital norte-americano, a Serta fatura anualmente 4,4 bilhões de dólares, sendo considerada uma das maiores fabricantes de colchões do mundo e no Brasil. Seu foco é nos hotéis cinco estrelas, com produtos “Classe A”.

Entretanto, há um ano e meio, a empresa viu no mercado de hotéis executivos uma grande oportunidade. E assim, oferece desde então a marca Well B – que equipa o hotel modelo Samba in the Box no SIRHA 2018.

A marca conta com quatro linhas – New Day (Conforto macio), All Day Feel Free (Conforto Intermediário – Linha Varejo), Good Dreams Hospitality (Conforto Intermediário – Linha Hotelaria) e Live (Conforto Firme).

Segundo Carvalho, esta marca representou um crescimento de 2% no Market share da empresa no Brasil, região em que a marca é distribuída. “Ela é financeiramente mais viável para hotéis que recebam executivos. Os hotéis de grandes redes internacionais como Hilton, já possuem contratos globais. A Well B já é a segunda marca mais vendida dentro do nosso portfólio. Hotéis como Copacabana Palace, em algumas suítes, Transamérica e GJP já estão usando.

Queremos continuar vendendo Serta, mas também focando na Well B como atendimento da demanda”, declarou Alexandre Carvalho. A diferença desta marca para os demais colchões tradicionais da empresa está, segundo ele, no requinte. O tecido utilizado e as molas são diferenciadas, mas prometem o mesmo conforto dos colchões “Classe A”.


Adicionar Comentário

Você deve fazer login para adicionar um comentário. Se você não possui uma conta, você pode se registrar.